enfim, o mar!

< publicado em 3 de janeiro de 2008, no Freak Mothers >

Cena 1:
Mulher de biquini à la vela-de-sete-dias (comprida e alvíssima) contempla o mar… cheio de gente… cheio de ondas, ondas zangadas. Se-estivesse-vazia-seria-muito-mais-gostoso-não-é-minha-mãe?!, indaga ela silenciosamente. Ondas e correnteza, um caixote certo, mas o magnetismo… e dá-lhe coragem pra tomar seu banho de descarrego do último dia do ano!

Cena 2:
A mesma mulher segura com certa dificuldade (com mais força que o habitual) as maozinhas da filha de 1 ano recém-completo que ansiosamente/desesperadamente tenta correr (ainda que não saiba andar) em direção ao mesmo mar arredio e magnetizante.

Cena 3:
O pai da garota, escolado no assunto (recifense o rapaz), entra com filha e tudo na egrégora-praieira-carioca… a mãe apreensiva cuidado-olha-a-onda-aí-atrás!!!, a garota com sorriso em neon e olhos brilhantes, balança as maozinhas pro céu de um azul perfeito.

Preciso morar na praia!

Anúncios

1 Comentário»

  Vinicius wrote @

Dora danada se amarra numas ondas!

Preciso morar na praia também, uma bem gostosa, dessas do nordeste.

Beijos!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: