da arte da convivência

* caca (pucca)
* cac (formiga e/ou pequeninos insetos)
* caco (água)
* acaco (macaco)
* caur (carro)
* cocó (dvd ou cd – em referência ao Cocoricó ou Backyardigans)
* côco (porco – referência à animação Jakers, um dos dvds prediletos)
* cocô (cocô)

E eu que temia chegar a tal fase da complexidade dialética (da definição grega antiga)… mole, mole! rs

Anúncios

5 Comentários»

  Vinicius wrote @

O bom é que sempre se dá um jeito de se comunicar! E deve ser uma delícia descobrir o que querem dizer essas palavras tão charmosas que as crianças dizem, quase como um idioma à parte.

beijos!

  Aline wrote @

Ai que fofa! Essa fase é gostosa demais! Dá uma saudaaaaaaaaaade!
No meu caso, Clarice, foi um pouquinho mais complicado – eram dois p/ decifrar… bjinhos prá vc e Doralinda.

  Guilherme Montana wrote @

Só complexidade!

  Saulo wrote @

Fala Clarice……….

Seu blog é SHOWWWWWWWWWW de bola.

Quando eu crescer quero um blog assim….rsrsrsrs

Beijos

  Mãe-da-Carolina wrote @

A melhor parte. Carolina passa 20 dias na casa da vovó. Orgulho da vovó na hora de “devolver” a pequena: “agora eu já entendo TUDO o que ela fala”…
Beijos na Dorita-blue-eyes!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: